Ensaio De 15 Anos

Música de ana carolina Uma visão de são paulo a foz do iguaçu

Sem negar um papel do fator econômico, Comte considerou que a civilização humana é, em primeiro lugar, ideias espirituais e psicológicas que fazem funcionar o mundo e o derrubam, e todo o mecanismo social baseia-se em opiniões.

histórico (mas tempo e sequência de emergência), lógico (de resumo a concreto), em complexidade de um objeto de pesquisa (de simples a difícil), em natureza de comunicação com prática. Como isso as ciências principais instalaram-se na seguinte ordem: matemáticas, astronomia, física, química, biologia, sociologia.

A supervisão social é possível como o método principal da pesquisa da sociologia. Afirma que a supervisão social é possível e na sociologia. Contudo Comte, qualquer supervisão social especificada, estatística ou dinâmica tem de assumir a supervisão contínua de teorias fundamentais.

Comte tentou criar a federação positivistic de pessoas do mundo com a sede em Paris que teria de fornecer o mundo cheio na terra. O proletário pode realizar isto missões, podem tornar-se assistentes a novos filósofos.

Base de família, segundo Comte, as relações patriarcais em uma família são, agudamente opõe a igualdade feminina e de cada modo possível aquece a necessidade da fortificação da autoridade e o poder do homem - o pai e o marido.

A dificuldade principal da sociologia, Comte especificou, compõe-se que não há teoria positiva, que se inclina no qual seria possível reunir e generalizar os fatos. É um círculo vicioso porque para executar a supervisão a teoria é necessária, e para a criação da teoria - supervisão.

Comte entendeu a unidade orgânica de toda a humanidade, toda a civilização humana ou o seu alguns a maior parte de parte como sociedade, unida com um consenso, caracterizado pelo seu funcionamento harmonioso e elementos estruturais. Incluiu em um sujeito da sociologia não a só sociedade moderna (civilizações), gerações últimas que têm o impacto em gerações modernas e se desenvolvem com eles no uniforme socialmente - processo de civilização.

Comte opõe-se pensativo, de um lado, e um extremo impsrizm - com o outro. Na sociologia Comte desenvolveu um método de supervisão, e também experimental, comparativo e metafísico um método de pesquisa.

Como ciência positiva Comte opôs a sociologia à especulação teológica e metafísica sobre a sociedade e a pessoa. Criticar os filósofos-metaphysicists prévios que criaram utopias, acusando-os que entenderam a sociedade como a criação da razão humana (os educadores de filósofos franceses), a vontade razoável de indivíduos.

Para a ciência, Comte especificou, podem haver comparações úteis da vida de animais com a sociedade humana e, finalmente, é possível comparar uma duração social vário uma classe da mesma sociedade. Deve ter-se em mente, contudo, que a comparação das fases principais de uma civilização pode escurecer-se pela influência do espírito geral de uma era que alisa abaixo distinções.

As relações de família Comte definem como a união moral e emocional compaixões fundadas e mútuas. O papel de família - para servir do intermediário entre o indivíduo e é, para criar a geração mais jovem no espírito do altruísmo, ensiná-lo superar o egoísmo natural.

Em uma família o indivíduo socializa-se, ganha as qualidades necessárias para o serviço bem sucedido à humanidade, livra-se do individualismo natural, aprende a viver para outros. Comte chama a teoria positiva do processo público dinâmica social,

É necessário notar, contudo, que Comte não entendeu a dialética de elementos sociais e estrutura e considerou elementos da vida social como desenvolvimento social e, simples, eterno e invariável como o resultado de várias combinações dos mesmos elementos.

Comte pela primeira vez criou a nova ciência sobre a sociedade com base na síntese de ideias do tempo, tendo representado contornos da estrutura social da sociedade, encontrou novos métodos sociológicos. Pôs a fundação da sociologia como ciências.

Comte considerou como o segundo método importante no experimento de sociologia. O experimento direto na sociologia compõe-se na supervisão sobre a modificação do fenômeno abaixo da influência das condições que se criam especialmente para objetivos de pesquisa.